Acessibilidade Contraste

Corredor Ecológico

O Projeto de Recuperação Sustentável do Corredor Ecológico do Rio Taquari é uma iniciativa do Ministério Público Estadual (MP), sob a orientação da Promotora Drª Mônica Maranghelli de Avila que atua na Comarca de Estrela.
 

Trata-se de  Inquérito Civil Regional n.º 001/2008 e objetiva promover o preenchimento dos espaços não vegetados, proporcionando a adequada cobertura do solo com espécies arbóreas nativas, recuperando a mata ciliar e, por decorrência, minimizando os efeitos da erosão, diante da proteção dos taludes e das margens do curso d' água. Atualmente 13 municípios que fazem divisa com o Rio Taquari aderiram ao projeto, dentre eles o município de Lajeado, através da Secretaria do Meio Ambiente, mediante a firmatura do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta, em 17 de dezembro de 2008.
 

A partir da adesão, o município de Lajeado iniciou  o diagnóstico das propriedades ribeirinhas, através do levantamento da situação socioeconômica das famílias e das condições ambientais e fundiárias dos imóveis, o que foi feito por meio de vistoria "in loco", entrevista e constatações técnicas relativas à qualidade da mata ciliar de cada área abrangida. A Secretaria do Meio Ambiente municipal (Sema) organizou uma equipe técnica específica para assessorar e desenvolver o projeto, a qual é composta por biólogos, um geólogo, um engenheiro agrônomo, estagiários e servidores municipais para atingir o objetivo da proposta.
 

De posse desses dados, o Ministério Público Estadual realizou contato com os responsáveis pelas áreas, os quais assumem o  compromisso de recuperação da mata ciliar na sua propriedade, na forma indicada pela equipe técnica da Sema, mediante assinatura de Termos de Compromisso de Ajustamento de Conduta com MP e o Município, que se dá em audiência pública na sede do órgão ambiental municipal. Trata-se de oportunidade única para incorporar a educação ambiental e a conscientização da população adulta com relação à questão, alertando acerca da necessidade de cumprimento da legislação vigente. Nesse momento, são esclarecidas as ações propostas para recuperação das áreas ribeirinhas ao Rio Taquari, assim como são destacados aspectos relevantes à preservação ambiental, necessários à melhoria da mata ciliar e à qualidade da água, frisando o compromisso que todos devemos ter com o desenvolvimento sustentável.

Por fim, com o compromisso assumido e mediante anuência do órgão estadual (Defap), necessário em decorrência da intervenção em área de preservação permanente, inicia-se a execução da recuperação do corredor ecológico do Rio Taquari, com o manejo da vegetação arbórea exótica, plantio de mudas nativas, condução e manutenção da restauração ambiental e outras medidas cabíveis, conforme a orientação dos técnicos envolvidos.
 

O município, através da Sema,  permanece envolvido, realizando acompanhamento e fiscalização com relação à implantação do projeto, sendo que acredita que está contribuindo para a recuperação do recurso hídrico de maior importância no âmbito municipal,  a fim de garantir a sadia qualidade de vida para as presentes e futuras gerações.

 

 

 

 

 


Anexos
Mapa Corredor Ecológico
18.8 MB
PDF
Baixar
Banner Corredor Ecológico
307.5 kB
GIF
Baixar
Poesia elaborada por servidor da Secretaria do Meio Ambiente, em homenagem ao Projeto de Recuperação Sustentável Corredor Ecológico do Rio Taquari.
29.8 kB
PDF
Baixar

de

0