Acessibilidade Contraste

Notícias

Inovação

Projeto Trilhas da Inovação dá início às aulas em Lajeado

02/06/2022

Créditos: Laura Mallmann

Compartilhe:

Com o objetivo de transformar a educação por meio da inovação, Lajeado deu início, nesta semana, ao segundo ano do Trilhas da Inovação, projeto da área de inovação a ser colocado em prática na área educacional no município por meio do Pro_Move Lajeado. Serão seis meses de aulas com participação de cerca de 140 estudantes do 9º ano das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) de Lajeado. O projeto é custeado pelo município, ao valor de R$ 224.500,00, e as aulas ocorrem no Senai Lajeado abordando inovação, engenharia e ciências exatas.

 

As turmas iniciaram as aulas nesta quinta-feira, 01º/06. Participam alunos das EMEFs Alfredo Lopes da Silva, do bairro Morro 25, Francisco Oscar Karnal, do bairro Santo Antônio, Dom Pedro I, do bairro Jardim do Cedro, São Bento, do bairro São Bento, São João, do bairro Moinho D’Água, Guido Arnoldo Lermen, do bairro Centenário, Nova Viena, do bairro Olarias, Lauro Mathias Müller, do bairro Planalto, São José e Vida Nova, do bairro Conventos, Santo André, do bairro Santo André, Universitário, do bairro Universitário, e Porto Novo, do bairro Carneiros.

 

Durante seis meses, os alunos vão experimentar, no contraturno escolar, as vivências e práticas em um curso com metodologia inovadora e com conteúdos diferenciados, como eletrônica, robótica, programação de software e tecnologias da indústria 4.0. Conforme o secretário do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura (Sedetag), André Bücker, a edição do ano passado foi um sucesso e, por isso, o projeto teve sequência em 2022.

 

- Ano passado tivemos 69 alunos, agora temos o dobro. O Trilhas da Inovação é mais uma oportunidade de despertar o conhecimento em áreas da atividade profissional. Esse projeto pode ser a porta de entrada dos jovens na escolha de uma futura profissão. Por isso é tão importante oportunizar o acesso de jovens a projetos inovadores como o Trilhas – destaca o secretário Bücker.

 

- O Trilhas é uma oportunidade de os estudantes serem desafiados e de desenvolverem as habilidades com aprendizagens para além do espaço da sala de aula. Com isso, conseguimos proporcionar novas experiências e formar estudantes com foco em áreas inovadoras, além de incentivar atividades no contraturno buscando a permanência do aluno na escola – avalia a secretária de Educação, Adriana Isabel Zanatta Vettorello.

 

Como forma de acolhimento, o Senai distribuirá camisetas e disponibilizará crachás aos alunos nos próximos dias.

 

Preparação para o mercado de trabalho

 

As aulas são uma preparação para o mercado de trabalho. O Senai instrui os alunos com regras de comportamento e de vestimenta, de acordo com diretrizes de empresas e indústrias da região. Conforme a assistente técnica do Senai, Rosane Sott Bona, as normas são mais uma forma de preparar os alunos para o mercado de trabalho.

 

A aluna Luiza Gabriela Bomm, 15 anos, da EMEF Vida Nova, do bairro Conventos, considera o curso uma oportunidade única e comemora a conquista da vaga.

 

- O mercado de trabalho é cada vez mais competitivo e é preciso estar preparado desde jovem. O curso nos possibilita essa preparação. Já conhecia o Trilhas do ano passado e fico muito feliz de conquistar essa vaga – ressalta a aluna.

 

Também estudante da EMEF Vida Nova, Gabriel Lussani, 15 anos, quer seguir a carreira militar. Segundo ele, cursos profissionalizantes são fundamentais para que os estudantes descubram profissões e habilidades.

 

Saiba mais sobre o projeto Trilhas da Inovação

 

- O projeto Trilhas da Inovação foi o primeiro projeto da área de inovação a ser colocado em prática na área educacional no município em 2021, por meio do Pro_Move Lajeado. Neste ano, segue com novas turmas. O investimento é feito pelo município para custear as aulas dos jovens no Senai.

 

- Durante seis meses, cerca de 140 alunos do 9º ano do Ensino Fundamental participam, no contraturno das escolas, de vivências e práticas em um curso diferenciado voltado às áreas da inovação, engenharia e ciências exatas.

 

- O curso é dividido em quatro módulos, sendo o primeiro sobre eletrônica, analógica e digital, o segundo sobre robótica, o terceiro sobre fundamentos para programação de software e no último será abordado sobre tecnologias da indústria 4.0.

 

- São 5 turmas, que terão aulas duas vezes por semana, com 4 horas de duração, totalizando 192 horas de aula no semestre. A Prefeitura de Lajeado oferece transporte gratuito aos alunos para se deslocarem ao Senai e lanche.

 

- O Senai fornece o material didático e kit aos alunos, bem como os materiais, espaços e máquinas necessários para a realização do curso. Além disso, caso necessário, disponibilizará instrutor e ônibus para eventual visita técnica. Ao final da capacitação, os alunos que tiverem aproveitamento superior a 80% e frequência mínima de 75% da carga horária, receberão certificados.

 

 

 

Texto e fotos: Laura Mallmann

Compartilhe:

de

3

Leia notícias relacionadas